Proposta de Valor ao Empregado: a chave para atrair e reter talentos

Proposta de Valor ao Empregado  é o conceito que vai além dos salários compatíveis ou maiores que a média do mercado, pacote de benefícios, plano de carreira estruturado — se para você esse trio de vantagens é o sonho de todo profissional, está na hora de rever seus conceitos. Muitas empresas estão descobrindo que esse conjunto de ofertas já não é suficiente para atrair os grandes talentos do mercado. 

Se a sua empresa ainda não implementou uma Proposta de Valor ao Empregado – EVP, fique atento! Pode ser que ela esteja perdendo a oportunidade de se tornar um verdadeiro polo de atração para excelentes profissionais. Entenda nesse post o que é EVP, quais são seus benefícios e como aplicá-la em sua organização.  

O conceito de EVP

A EVP (Employee Value Proposition) é um conceito relativamente novo que foi traduzido como Proposta de Valor ao Empregado. Trata-se do conjunto de valores que uma companhia estabelece e oferece aos seus colaboradores.

A Proposta de Valor ao Empregado envolve tudo que a empresa oferece ao colaborador em troca de seu tempo, esforços e desempenho. Ela deve ser composta tanto de valores tangíveis (benefícios, salário) quanto de valores intangíveis, que estão relacionados à cultura organizacional.

Esse conceito parte de um novo entendimento a respeito da captação e engajamento de pessoas. Hoje, muitas empresas já perceberam que, para atrair e reter grandes talentos do mercado, já não basta oferecer bons salários, benefícios e cargos.

Felizmente, excelentes profissionais adquiriram uma perspectiva de carreira que vai muito além desses interesses. Eles estão à procura de empresas que tenham cultura e propósito compatíveis com seus próprios valores e nas quais possam se realizar tanto do ponto de vista profissional quanto pessoal.

A importância da Proposta de Valor ao Empregado

Uma parcela considerável de brasileiros continua à procura de emprego. Nos primeiros meses de 2018, o índice da população economicamente ativa em busca de oportunidades em nenhum momento esteve abaixo de 10%.

Porém, percebemos um cenário contrastante. Ao mesmo tempo em que mais de 13 milhões de brasileiros estão desempregados, as empresas têm dificuldade para preencher seus postos de trabalho. Segundo os empresários e recrutadores, faltam profissionais qualificados.

Para atrair e manter esse grupo, as organizações estão abordando seus recursos humanos a partir de uma nova perspectiva. Eles têm sido alvo de ações de marketing tão sérias quanto aquelas voltadas para o público externo, com o objetivo de promover a satisfação dos funcionários e sua permanência na empresa.

A pesquisa Global Human Capital Trends, divulgada em 2017 pela Deloitte, apontou que a experiência do empregado é uma das tendências desse novo mundo. Esse conceito é ancorado em dois pilares: cultura e engajamento.

Portanto, a EVP é vital para as companhias. Ela é um instrumento importantíssimo para a captação de talentos e engajamento de colaboradores. A proposta cria um senso de propósito que alinha as pessoas aos objetivos estratégicos da empresa, produzindo o orgulho de pertencer ao grupo e a disposição para alcançar a excelência.

Os benefícios da EVP para o negócio

Além da captação de talentos, a EVP é fundamental para engajar seus colaboradores e, consequentemente, retê-los na empresa. Porém, a Proposta de Valor ao Empregado tem ainda outros benefícios:

Redução do turnover

A Proposta de Valor ao Empregado deixa claro os valores da empresa. Além disso, ela deve ser utilizada na prática, o que significa que vai orientar inclusive seu processo de recrutamento e seleção.

Muitas empresas já incluem sua EVP nos portais onde anunciam vagas. Assim, da mesma forma que os candidatos têm acesso aos requisitos para o cargo, eles conhecem a companhia e sabem o que podem esperar dela — e o que ela espera deles, na contrapartida.

Com uma comunicação tão clara, as chances de atrair e selecionar candidatos com o fit cultural da organização se tornam maiores. Essa identificação aumenta também a satisfação dos contratados, o que reduz consideravelmente o turnover e seus custos para a empresa.

Melhora no Employer Branding

O que acontece depois é uma consequência do item anterior. Quando existe uma alta compatibilidade entre o colaborador e a cultura organizacional, ele se sente muito mais satisfeito e valorizado.

Esse nível de satisfação impacta diretamente em outro aspecto — o desempenho do funcionário, que passa a produzir mais e melhor. O resultado é o reconhecimento dos superiores, que cria um ciclo virtuoso de performance e sucesso.

Nessas condições, o profissional passa a falar bem de sua empresa e de seu trabalho nos círculos que frequenta. A consequência é o aumento do Employer Branding do negócio e até mesmo a melhora de sua imagem junto à sociedade onde a organização está inserida.

Redução nas despesas com recrutamento

Em vez de sair à caça de profissionais, uma empresa que investe em sua EVP é procurada por bons candidatos. Isso torna seus processos de recrutamento mais rápidos e efetivos, além de reduzir os custos com o procedimento.

Fim da guerra por talentos

Focalizar apenas no salário e benefícios para atrair candidatos é uma verdadeira armadilha. Quando a empresa usa apenas esses recursos, em pouco tempo ela se vê em uma guerra por talentos, sob o risco de perder seu contratado para quem tem uma oferta maior.

A EVP acaba com esse problema. Seus colaboradores são atraídos por algo que vai além de um holerite generoso. Eles se tornam comprometidos com “algo maior” e entendem que há outros critérios relevantes para permanecerem ou não em um negócio.

Clima organizacional favorável

Todos os benefícios anteriores culminam em um clima organizacional favorável. As pessoas se sentem bem por trabalharem em uma companhia com a qual se identificam. Elas se comprometem com um propósito maior.

Além disso, a EVP descomplica a gestão de pessoas. Ela deixa claro o que os colaboradores podem esperar de seus líderes, ao mesmo tempo que dão aos gestores diretrizes de como se posicionarem de forma alinhada aos princípios da organização.

A construção de uma Proposta de Valor ao Empregado

Depois de entender os benefícios da EVP para o seu negócio, nada melhor que descobrir como construir e implementar uma proposta efetiva. Selecionamos alguns passos importantes para esse processo:

Faça um diagnóstico da companhia

De nada adianta construir uma EVP fantástica se ela não puder ser colocada em prática. Essa ação teria efeitos contrários ao esperado, pois minaria a confiança dos colaboradores na companhia e em sua cultura organizacional.

Por isso, a construção da EVP precisa começar com uma análise da realidade. Você pode, inclusive, se surpreender. É possível que seus colaboradores tenham uma série de percepções positivas a respeito da organização, pontos fortes que podem se tornar ainda mais relevantes.

Portanto, comece com algumas perguntas importantes:

  • Quais são as características da companhia que atraem os candidatos quando uma vaga é aberta?
  • Sua companhia é considerada única pelos seus colaboradores? Que razões eles apontam para essa percepção?
  • Você tem excelentes profissionais que continuam na companhia, mesmo com acesso a outras oportunidades no mercado? Por que eles permanecem?
  • O que seus colaboradores mais valorizam na empresa?

Porém, uma avaliação realista não pode levantar apenas os aspectos positivos. Eles são importantes e precisam ser maximizados, mas é fundamental descobrir e corrigir também as fraquezas da empresa.

Para isso, descubra o outro lado dessas questões. Faça um levantamento sobre os motivos para a insatisfação dos funcionários, as razões que eles apontam para deixar a empresa. Em alguns casos, a resposta pode revelar fatores financeiros, mas em muitas outras situações a falha está na própria cultura organizacional ou nas dificuldades relacionadas à gestão de pessoas.

Como fazer isso? Insira essas perguntas nas suas entrevistas de seleção. Solicite um feedback dos funcionários que estão deixando a empresa e até daqueles que se aposentaram depois de uma longa carreira. Além disso, não deixe de aplicar uma pesquisa entre seus atuais colaboradores.

Estabeleça os pontos cruciais

Nem todas as insatisfações têm o mesmo peso. Alguns problemas da empresa causam um impacto menor aos colaboradores, enquanto outros afetam profundamente seu bem-estar e produtividade.

Por isso, estabeleça um time diversificado para analisar os resultados do seu diagnóstico. Os aspectos mais valorizados pelas pessoas devem ter prioridade na construção da sua EVP.  

Outro aspecto importante diz respeito aos objetivos estratégicos da sua empresa. A EVP precisa refletir os seus valores e contribuir para alinhar as pessoas à sua concretização. Ela deve estabelecer um diferencial para sua companhia, refletindo claramente sua missão e visão.

Considere valores tangíveis e intangíveis

Como já falamos, uma boa EVP é equilibrada, apresentando recompensas tangíveis e intangíveis. No primeiro grupo, podemos destacar os salários e benefícios. Os intangíveis são expressos com menos frequência, mas também são extremamente importantes.

Eles se referem a valores que perpassam a cultura organizacional, iniciativas para o bem-estar (como horário de trabalho flexível para promover o equilíbrio entre vida profissional e pessoal), projetos para o desenvolvimento do colaborador e a oportunidade de participar de projetos significativos tanto no aspecto profissional quanto em relação ao impacto social.

Comunique

A EVP não pode ser mais um documento que fica engavetado na empresa. Ela precisa ganhar vida e impregnar a cultura organizacional. Para chegar a esse nível, ela precisa ser comunicada de forma atrativa e prática aos colaboradores. Não pode ficar apenas no plano verbal — precisa se transformar em ações.

Por isso, a EVP precisa estar nos canais de comunicação usados pela empresa. Propagandas, websites e a descrição de vagas em aberto devem conter a proposta da companhia. Além de despertar uma percepção positiva sobre a marca, isso permite que a atração de candidatos com o fit cultural adequado, potencializando suas chances de sucesso.

Vivencie

Discurso e prática precisam estar alinhados. A confiança dos colaboradores só pode ser conquistada quando eles veem que seus líderes realmente fazem aquilo que a liderança afirma. Contradições entre a imagem externa e a realidade das organizações são verdadeiros pecados empresariais que minam a credibilidade da empresa.

Lembre-se: seus funcionários são seus principais embaixadores. Mesmo que indiretamente, eles transmitem sua percepção sobre a empresa aos seus círculos de relacionamento. Portanto, não adianta fazer uma campanha para projetar uma imagem se os seus próprios colaboradores comunicam que suas operações diárias não condizem com seu discurso.

Portanto, a efetividade de uma Proposta de Valor ao Empregado depende completamente de uma Experiência de Valor para o Empregado. Uma deve conduzir à outra, para que a conduta da empresa não configure uma espécie de “propaganda enganosa” que prejudica sua relação com os colaboradores e, consequentemente, seu Employer Branding.

Para saber como transformar sua proposta de valor em experiência, fique atento aos nossos próximos conteúdos. Esse é um tema que merece uma abordagem aprofundada, e é isso que faremos em um post completo. Se deseja conhecer com esse e temas relacionados com o “RH que influencia a direção e os resultados do negócio” e como implementar em sua organização, conheça a HR Strategy Academy – Formação em Business Partner. 

 

Lília Barbosa & Creoncedes Sampaio

[email protected].com.br/[email protected]

Fontes:

https://www.forbes.com/sites/forbeshumanresourcescouncil/2018/01/09/the-importance-of-an-employment-value-proposition-for-recruiting-in-2018-and-beyond/2/#7f6b2d156b50

https://talentsmoothie.com/ts1/wp-content/uploads/2017/05/employee-value-proposition-evp-factsheet-talentsmoothie-v2.pdf

https://www.talentlyft.com/en/blog/article/105/employee-value-proposition-evp-magnet-for-attracting-candidates

https://www.michaelpage.co.uk/advice/management-advice/attraction-and-recruitment/create-great-employee-value-proposition

https://www.talentlyft.com/en/resources/what-is-employee-value-proposition-evp

https://www.forbes.com/sites/roddwagner/2017/01/23/an-employee-value-proposition-mindset-just-might-fix-employee-engagement/#74da7fdf4c3d

https://exame.abril.com.br/negocios/saiba-como-a-era-do-funcionario-cliente-esta-mudando-o-rh/

Compartilhe essa postagem:
Comentários

Deixe seu comentário

Quer saber mais sobre a Cozex? assine nossa newsletter!