Habilidades modernas de liderança

habilidades modernas de liderança
Liderar pessoas é um desafio, afinal, gente é imprevisível. Sendo assim, a questão é: quais as 7 habilidades modernas de liderança? Mesmo os gestores experientes podem ser surpreendidos ou falhar em sua missão caso não saibam lidar com seus subordinados de maneira correta.  Há um certo tempo, a autoridade dentro da empresa estava baseada no “comando e controle”. Logo, as pessoas eram estimuladas a agir de determinada forma por coação. Hoje, na maioria dos casos, isso não é mais eficaz. Quando coagidos, os talentos podem migrar para a concorrência. Para tratar deste assunto, criamos um artigo completo. Esclarecemos o atual contexto de liderança, as 7 habilidades modernas de liderança e como desenvolvê-las. Continue com a leitura e saiba mais sobre esse tema!

Qual o novo contexto de liderança?

Nos dias atuais, o líder deve pensar, agir e reagir de maneira diferente. Não basta confiar no seu poder posicional, nos estímulos ou coações, é preciso ir muito além disso. Uma das primeiras e principais mudanças é a acepção entre líder e chefe. Se antes os dois conceitos se confundiam, hoje isso não pode mais ocorrer. Nem todo chefe é um líder, e vice-versa. O líder é alguém capaz de direcionar, influenciar e engajar outras pessoas, na busca por grandes resultados. Outra mudança é o perfil dos liderados. Atualmente, boa parte da mão de obra pertence à geração Y, que representa os nascidos entre as décadas de 80 e 90. Há, também, talentos da geração Z, nascidos após 2000, que já estão mudando as regras do mercado de trabalho. Em geral, esses jovens talentos se preocupam menos com a estabilidade e mais com fatores, como: autonomia, liberdade e flexibilidade. Sendo assim, cabe ao líder mudar sua postura. Por fim, é preciso destacar a emersão da indústria 4.0. A quarta revolução industrial tem permitido que várias tecnologias mudem a forma de liderar (automatizando, digitalizando e flexibilizando diversas tarefas). Por exemplo, já é possível ser líder de equipes remotas. Esses e outros desafios criam um novo contexto para o líder de equipe. Portanto, para se manter competitivo, é preciso desenvolver um conjunto de conhecimentos, atitudes e habilidades modernas de liderança.

Quais são as 7 habilidades modernas de liderança?

1. Comunicação interpessoal

Por mais paradoxal que pareça, a emersão das tecnologias tem promovido forte ruído na comunicação. Cria-se um “disse e me disse” que culmina em erros, conflitos e intrigas. Cabe ao líder cascatear as informações certas e garantir que elas cheguem aos seus liderados. Nesse caso, a primeira habilidade é se comunicar bem. É preciso saber ouvir os talentos, gerar ótimos feedbacks, organizar e compartilhar as informações certas e garantir que todos estejam por dentro do que acontece. Se isso for feito, é certo que o time estará mais bem alinhado.

2. Olhar sistêmico

Foi-se o tempo em que o líder precisava entender só da sua área e nada mais. As atuais organizações são mais complexas e integradas. O setor de vendas está diretamente ligado à gestão de pessoas, por exemplo, e o líder não pode entender só de uma coisa ou de outra. Logo, é preciso criar um olhar mais sistêmico. Isto é, entender o negócio como um todo e suas pequenas partes. Bons líderes entendem que o funcionamento da empresa e dos times é uma espécie de sistema integrado. Se uma parte vai mal, todo o negócio é afetado.

3. Resultados fora do lugar-comum

O líder não é apenas um executor. Não é seu papel pôr a mão na massa (apesar de que, em algumas vezes, é necessário, até pelo exemplo a ser dado). A maior missão do líder é entregar resultados fora do lugar-comum, com o auxílio de gente talentosa, alinhada e motivada. Nesse sentido, o líder precisa aprender a trabalhar com objetivos, metas e indicadores-chave de desempenho. Atuar sem rumo, como quem navega sem uma bússola, é um perigo e pode culminar no fracasso de todo o time. Assim, poderá atingir grandes resultados.

4. Reconhecimento dos liderados

Há algum tempo se sabe da importância de reconhecer os liderados, recompensando-os de acordo com os resultados entregues. Infelizmente, muitos líderes ainda dão pouca atenção ao assunto e deixam o reconhecimento em segundo plano, como algo menos importante. Em uma pesquisa, a Towers Watson descobriu que profissionais reconhecidos pelo superior imediato são, em média, 60% mais motivados, o que beneficia a companhia. Tal reconhecimento pode existir na forma de elogios ou recompensas, que são financeiras ou não financeiras.

5. Coach dos liderados

De certa forma, o líder é um verdadeiro coach do seu time. Ele tem o papel de desenvolver certos conhecimentos, habilidades e atitudes na equipe sob a sua direção. Assim, ele poderá eliminar pontos fracos, reforçar pontos fortes e garantir o alcance de ótimos resultados. Todavia, atuar como um coach é um processo. É preciso analisar as atuais falhas dos subordinados, definir as competências que precisam ser desenvolvidas, depois iniciar programas de treinamento e de desenvolvimento. Logo, todos poderão crescer muito mais.

6. Exemplo no expediente de trabalho

 É preciso destacar que, aos atuais líderes, não basta falar. O velho jargão “faça o que eu falo, mas não o que eu faço” não tem mais o efeito desejado. O líder de equipe precisa ser exemplo no expediente de trabalho, uma espécie de espelho aos seus subordinados. Uma série de coisas podem ser feitas nesse sentido. Ser o primeiro a chegar e o último a sair, saber ouvir opiniões contrárias, oferecer bons feedbacks, atuar de maneira colaborativa e entregar resultados pessoalmente são bons exemplos disso. Portanto, seja o exemplo!

7. Storyteller

Por fim, o líder precisa aprender a contar histórias. Falar apenas sobre números e metas, sem contextualizar em uma história, sem traduzir  “o porquê”  da meta, não conecta as pessoas. As lições e reforços culturais mais eficazes dos líderes, que também são mentores, são transmitidas por meio de boas e mini histórias, contatadas diariamente. As boas histórias têm a capacidade de conectar as pessoas emocionalmente às mudanças que precisam ser realizadas na organização.

Quais as vantagens das habilidades modernas de liderança?

Ao desenvolver essas habilidades, o líder poderá se adequar ao novo contexto de negócios. Ele poderá atuar com maior dinamismo em relação ao mercado, o que impacta de maneira positiva nos seus resultados e na performance da sua equipe. Outra vantagem está na melhoria da gestão de pessoas. Os talentos serão liderados com base no respeito, mérito e confiança. Como resultado, poderá atrair mais profissionais, reter gente talentosa e arquitetar equipes de sucesso. Logo, toda a empresa é beneficiada. Como podemos observar, há algumas habilidades modernas de liderança que os gestores precisam desenvolver. É preciso se comunicar bem com os liderados, ter uma visão sistêmica do negócio, além de atuar como um coach, entre outras coisas. Gostou do artigo, certo? Então, aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais e manter seus amigos por dentro do tema. Vamos lá!   Lília Barbosa & Creoncedes Sampaio [email protected]/[email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *