5 Pilares essenciais para formar bons líderes

Formar líderes e sucessores

Formar líderes dentro de uma empresa é fundamental para que os resultados desejados sejam alcançados. Sendo assim, não basta apenas procurar por esse tipo de profissional no mercado de trabalho; desenvolver os colaboradores pode ser uma boa opção. Mas como formar líderes pode ser mais eficaz que procurar por um?

Veja bem, um bom líder é aquele que é capaz de instruir e engajar os colaboradores de forma efetiva e aparentemente natural — ainda que não o seja inicialmente. Isso quer dizer que é totalmente possível trabalhar habilidades inerentes à liderança para a construção de grandes líderes.

Para isso, investir na implementação de um processo sucessório bem estruturado, permite avaliar a capacidade da organização em preparar profissionais internos para cargos nos quais os níveis de exigência são maiores.

Mas antes, vamos entender um pouco mais sobre o conceito de liderança, bem como quais são os principais pilares para a formar líderes nas empresas.

A liderança ainda é um grande desafio

Existem centenas de livros escritos sobre liderança. A cada ano, outra centena é adicionada à equação. Existem também novas ferramentas de avaliação baseadas em avanços na neurociência. Além de uma série de novos programas experimentais e simulações de realidade virtual.

Com essas informações em mente, é de se imaginar que os conceitos sobre liderança possam ter sofrido mudanças ao longo do tempo. Apesar disso, a realidade é um pouco diferente e muitas empresas ainda têm dificuldade em adotar uma nova postura frente à tantas inovações.

Em suma, formar líderes ainda é um grande desafio de todas as organizações, imersas em um mundo cada vez mais complexo e desafiador.

Dito isso, liderar — de forma resumida — é a capacidade de direcionar, influenciar e engajar outras pessoas, na busca por grandes resultados. Ou seja, empresas que querem se destacar e continuar crescendo independentemente de fatores externos, precisam abrir os olhos para as mudanças na gestão de pessoas e de negócios.

Pilares essenciais para formar líderes

Uma pesquisa da Harvard Business Review, constatou que os melhores líderes, com maior impacto positivo nas organizações, quase sempre fazem uso de seis práticas clássicas e fundamentais, que nós vamos exemplificar em 5 pilares essenciais.

1. União

Ótimos líderes unem pessoas em torno de uma visão empolgante. Ao ponderar acerca de uma nova ideia de produto, projeto ou sistema de atuação, uma boa liderança deverá ser capaz de unir os colaboradores com entusiasmo para colocar essa ideia em ação.

Isso confirma que, para formar líderes, será preciso exercitar a capacidade dos executivos de olhar para o futuro e não apenas para o presente.

2. Construção

Em seguida, bons líderes constroem boas estratégias para alcançar essa visão. Dessa forma, não basta apenas empolgar a equipe, é necessário construir estratégias que funcionem de fato para que essa visão comece a tomar forma.

Isso significa que o líder precisa aprender a avaliar constantemente o que funcionou, o que não funcionou e o que pode ser feito diferente.

3. Atração

Com essas equipes formadas, um bom líder deve ser capaz de atrair e desenvolver os melhores talentos possíveis para sua implementação. Isso envolve, a capacidade do líder de formar líderes e dedicar a maior parte do seu tempo no processo de desenvolvimento das pessoas, no dia a dia do trabalho.

Em contrapartida, esse processo requer preparação dos líderes para sair do foco da tarefa para a ênfase nas interações construtivas.

4. Foco

O quarto pilar fala sobre a capacidade que o líder deve ter de focar nos resultados da estratégia proposta. Afinal, um líder querido, mas que não entrega resultados, não adiciona valor aos stakeholders.

Nesse âmbito, formar líderes perpassa pelo desafio de encontrar o equilíbrio perfeito entre conectar as pessoas por um propósito maior e entregar resultados.

5. Inovação

Líderes de sucesso são capazes de criar inovação contínua e constante nas empresas que atuam e em sua carreira.

Nesse caso, será necessário ensinar os líderes a descerem do salto alto e começar a cocriar junto à sua equipe, a partir da dor dos clientes. Dessa forma, não se faz inovação sentado numa mesa, olhando para indicadores e controles.

Entretanto, a inovação advém da observação, do exercício de empatia ao olhar para os problemas com os olhos dos clientes, assim como da colaboração com todos os stakeholders envolvidos no processo.

Obviamente, às vezes, o ponto de partida pode ser diferente ou uma das cinco áreas pode exigir mais trabalho que outras. No entanto, essas mesmas práticas estão sempre presentes nos casos com melhores resultados documentados.

Autoliderança

Além desses cinco pilares, é importante ressaltar que outras habilidades são muito bem-vindas e seria impossível listar todas elas em um único espaço por serem várias e, em alguns casos, únicas em um conjunto harmonioso pessoal e intransferível.

Ainda assim, na perspectiva de formar bons líderes, também é importante ampliar a consciência dos executivos para serem capazes de autoliderar-se antes, para poder liderar os outros de maneira mais eficaz.

A importância do processo sucessório para formar líderes

O processo sucessório é a preparação de futuras lideranças, como vimos no início do texto. Capacitar no lugar de contratar líderes externos, ajuda e reduzir custos com novas contratações e também de riscos pela falta de fit cultural.

Isso acontece, pois é mais fácil estimular e moldar os profissionais que já conhecem a estrutura e rotina da empresa, que recomeçar todo esse processo de adaptação.

Temos visto inúmeros programas de implementação para o formar líderes nas organizações. Construir e acompanhar esses planos não é tão simples quanto parece e pode ser necessário contar com a ajuda de profissionais com amplo conhecimento e prática no assunto.

Ainda assim, podemos indicar algumas boas práticas para iniciar esse processo de formar líderes. São elas:

  • criação de uma cultura de desenvolvimento de novas lideranças;
  • elaboração de um plano de desenvolvimento profissional individual baseado nas competências individuais de cada colaborador;
  • definição e acompanhamento de indicadores de desempenho individuais e coletivos para análise constante de comportamentos e habilidades; e
  • capacitações recorrentes em todos os setores da empresa.

O processo sucessório pode ser dividido em duas partes: uma delas trata do mapa sucessório e a outra do desenvolvimento de talentos capazes de assumir posições de maior nível de complexidade.

O mapa sucessório é um exercício estratégico — e confidencial — que visa avaliar a capacidade da organização de repor pessoas para o negócio. Seu resultado não é público, para evitar que os participantes criem altas expectativas com o processo.

Em paralelo, temos o desenvolvimento de talentos potenciais focaliza a preparação desses colaboradores para cargos mais complexos e com níveis maiores de exigência. Ao contrário do mapa sucessório, essa parte do processo deve ser transparente, a pessoa precisa saber para o que ela está sendo preparada.

Com essas informações em mente, podemos concluir que todo esse processo possui muitas particularidades e é fundamental ter um profissional ou equipe que saiba implementá-lo da forma correta. Ainda assim, esse é um processo que vale a pena o investimento!

Viu como formar líderes pode ser altamente favorável para uma empresa? Vale ressaltar que a maior parte dos colaboradores pode sim, ter suas capacidades estimuladas e aperfeiçoadas para o exercício da liderança. Além de ser um ótimo incentivo para que eles buscam desenvolver-se continuamente e obter resultados ainda melhores.

Quer saber mais sobre o assunto ou precisa de ajuda nessa questão? Nós aqui da Cozex podemos ajudar. Entre em contato!

Lília Barbosa & Creoncedes Sampaio

[email protected]/[email protected]com.br

https://hbr.org/2018/11/the-fundamentals-of-leadership-still-havent-changed

https://trainingmag.com/4-tips-developing-great-leaders/

https://www.bdc.ca/en/articles-tools/entrepreneurial-skills/be-effective-leader/pages/leadership-skills-strategies-advice.aspx

https://www.verywellmind.com/ways-to-become-a-better-leader-2795324

https://www.wrike.com/blog/9-ways-develop-leadership-skills/

https://www.cozex.com.br/habilidades-modernas-de-lideranca/

https://www.cozex.com.br/o-que-e-perfil-comportamental/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *